sábado, 7 de novembro de 2015

Índios Munduruku garante o abastecimento de Farinha de Mandioca na Cidade

As comunidades indígenas munduruku, vem buscando alternativas sustentáveis para garantir uma renda aos envolvidos no projeto de melhoria da qualidade dos produtos oriundo de suas roças, com o apoio da Secretaria Municipal de Assuntos Indígenas, as famílias tem garantido uma complemento financeiro durante o mês com sua produção de farinha e seus derivados de mandioca, pois as comunidades são hoje, responsáveis belo abastecimento dos comércios e da feira  municipal com sua produção de farinha e seus derivados, além de contarmos também com um grande numero de colonos que vem das vicinais para venderem sua produção na feira, ressaltamos que cada família munduruku, tem garantido ao final de cada mês uma boa quantia em recursos com a venda de toda sua produção, hoje tivemos na feira e mais uma vez fica comprovado que essa ação surte efeitos positivos e a população corresponde visitando os box, levando para sua mesa alimentos de qualidade, com isso valorizando cada vez mais os indígenas produtores e colonos que muito contribuem para o abastecimento e o sucesso da feira.
Uma agricultura fortalecida garante sustentabilidade do projeto a qual as famílias são envolvidas. Através da capacitação realizada por técnicos da SEMAI, e EMATER-PA o resultado tem sido positivo em todos os aspectos da produção. A Emater busca consolidar essa pratica com informações e técnicas de melhorias da produção e valorização das famílias e dos produtos.
 Governo Raulien Queiroz
Prefeitura Municipal de Jacareacanga 
NO CAMINHO CERTO

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

MODELO DE PRENSA DAS ALDEIAS MUNDURUKU

Secretaria Municipal de Assuntos Indígenas, buscando alternativas para a população munduruku com parcerias da prefeitura e da Emater-PA
MODELO DE PRENSA DAS ALDEIAS MUNDURUKU
ANTES
 DEPOIS
ANTES
 DEPOIS
 ANTES
 DEPOIS

SEMAI NO CAMINHO CERTO

terça-feira, 14 de julho de 2015

Aldeia Jacarezinho recebe apoio do governo NO CAMINHO CERTO

Essa reforma foi para atender a reivindicação da aldeia para que houvesse um espaço para realizar sua reuniões comunitárias e que valorizasse as crianças com um espaço especifico para realizar suas atividades extra classe e outras atividades culturais, o barracão, foi revitalizado em madeira, piso de cimento queimado, todo rodeado de tela para ventilar o espaço e a mão de obra da própria comunidade como forma de contrapartida dos índios que exercem a função de carpinteiros, uma pratica utilizada e exercida por muitos Munduruku como forma de sobrevivência: para o cacique OSMARINO, esse trabalho contou com o apoio dos indígenas que não mediram esforços para realizar essa reforma e valorizar ainda mais nossa comunidade, o mesmo, e as demais lideranças agradeceram o apoio vindo da prefeitura através da secretaria de assuntos indígenas que foi responsável por essa iniciativa e empenho, agradeceu também as secretarias de Obras, Ação Social e principalmente a Educação que foram parceiras na realização desse trabalho de melhoria que obedece a cultura dos índios Munduruku. Nesse espaço será realizado exposição de artesanatos, reuniões e até mesmo se necessário for será colocado a disposição da escola da aldeia para funcionar como um anexo da escola já existente na aldeia na intenção de atender as crianças em sua atividades. Fonte ASCOM-PMJ- Fotos SEMAI
PARABÉNS POVO MUNDURUKU.